Dúvidas se a dieta cetogênica é a melhor aposta para emagrecer? Confira!

Manter o corpo em déficit calórico, restringindo o consumo de carboidratos como pães, massas e arroz branco e elevando a ingestão de gorduras e proteínas: esse é o segredo da dieta que promete eliminar até 5kg em uma semana. O método conhecido como Dieta Cetogênica é um dos tipos de alimentação que vêm conquistando popularidade nos últimos anos, por promover perda de peso em pouquíssimo tempo.

Mas, será que ela funciona mesmo? Ou é só mais uma dieta da moda que causa efeito-rebote ou só dá resultados enquanto você faz? A Biopoint investigou mais sobre o programa alimentar criado na década de 1920 nos Estados Unidos, no intuito de ajudar no tratamento de epilepsia refratária e que, hoje, é usada com o objetivo de emagrecimento.

O que é a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica, assim como outras dietas low carb, foca em proporcionar os macronutrientes, diminuindo a quantidade de carboidratos nas refeições e aumentando a presença de gorduras e proteínas no prato. Nesta dieta, a proporção fica dividida, em média de: 10 a 20% de carboidratos, 30% de proteínas e 50% de gorduras. Ou seja, as fontes de gorduras boas, como abacate e alguns peixes, além de proteínas, como carnes vermelhas e frango, deverão participar diariamente dessa dieta.

Entre os principais benefícios da dieta é o emagrecimento rápido. Como o corpo fica sem a sua principal reserva de energia (carboidratos), ele recorrerá a outras fontes secundárias (reserva de glicogênio presente no músculo e fígado), levando a uma perda de até 5kg na primeira semana. Após essa fase, o organismo buscará energia no tecido adiposo, iniciando a queima de gordura e dando continuidade à perda de mais quilos.

Pelo fato desse tipo de alimentação levar a uma redução de medidas rápida, a dieta faz com que a pessoa sinta-se motivada a continuar com o processo e siga para uma reeducação alimentar, que trará resultados ainda mais satisfatórios à longo prazo, além de ser uma alternativa mais saudável.

 

Como funciona a dieta cetogênica

Para entender como funciona a dieta cetogênica, precisamos nos lembrar do papel dos carboidratos dentro do organismo. Esse macronutriente, após ingerido pela alimentação, é convertido em glicose (açúcar) e serve como combustível para o organismo gerar energia e continuar funcionando.

Quando diminuímos o consumo dos carboidratos e causamos um déficit no corpo, o corpo passará a usar como fonte de energia a gordura presente no tecido adiposo – além das presentes nos alimentos ingeridos -, iniciando a queima de gordura. Esse estado que o organismo se encontra é nomeado de cetose, por isso o nome da dieta.

Em outras palavras, a gordura presente no corpo passa a ser a principal fonte energética para o organismo. A partir dessa nova condição, o organismo passa a ser mais eficaz na queima de gorduras.

Alimentos permitidos na dieta cetogênica

Os principais alimentos que devem ser ingeridos na dieta cetogênica são os ricos em proteínas e gorduras. Veja abaixo uma lista com o que está liberado:

  • Carnes e outras fontes de proteína animal: carne bovina, carne suína, frango, peixes, ovos.
  • Frutos do mar: Salmão, bacalhau, camarão, atum, lula, polvo, caranguejo, etc.
  • Leite e derivados: iogurtes, requeijão, queijo cottage, queijo coalho, parmesão, cream cheese, muçarela, manteiga, etc.
  • Embutidos: peito de peru, presunto, salsicha, etc.
  • Grãos: castanhas, nozes, avelãs, amendoins, amêndoas, macadâmia, etc.
  • Vegetais verdes escuros e de baixa caloria: couve, brócolis, espinafre, alface, pepino, etc.
  • Frutas de baixo índice glicêmico: frutas vermelhas (morango, mirtilos, framboesas, amoras, cerejas, etc.), abacate, etc.
  • Óleos (gorduras de boa qualidade): óleo de coco, óleo de girassol, banha de porco, azeite-de-oliva, etc.

Alimentos proibidos na dieta cetogênica

Entre os alimentos que devem ser evitados na dieta cetogênica destacam-se os carboidratos de alto índice glicêmico, geralmente de rápida absorção, como pães, arroz branco e massas (macarrão, pizza, lasanha, etc.). Diversos tipos de tubérculos, como batatas (todos os tipos), inhame e mandioca também devem ser diminuídos na dieta cetogênica, assim como frutas ricas em açúcar (frutose), como banana, mamão, abacaxi, maça e entre outras.

Durante a dieta é proibido o consumo de refrigerantes (mesmo o diet), doces, sucos, trigo e óleos como de canola, milho e soja.

Exemplo de cardápio para um dia

Café da manhã: 3 ovos mexidos feitos com óleo de coco ou manteiga + uma fatia de queijo (muçarela, minas ou cotagge)

Lanche da manhã: uma porção de mix de oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, etc.) OU ½ abacate com chia + 200ml de chá verde.

Almoço: Salmão grelhado (ou outra proteína, como frango ou carne vermelha) + salada verde à vontade (rúcula, pepino, tomate e cebola roxa) temperado com sal, vinagre e 1 colher de sopa de azeite + aspargos refogados (você pode substituir por outro vegetal, como brócolis).

Lanche da tarde: uma unidade de iogurte sem açúcar + mix de frutas vermelhas

Jantar: filé de frango ao molho branco + salada verde à vontade temperada com sal, vinagre e 1 colher de sopa de azeite + 1 laranja.

Ceia: 200ml de chá de hibisco.

Cuidados ao seguir a dieta cetogênica

A dieta cetogênica, apesar de realmente acelerar a perda de peso, precisa (e deve!) ser acompanhada por um médico ou nutricionista. Como ela envolve um consumo maior de gorduras, a ingestão desregulada ou inadequada (uma ingestão elevada de gorduras saturadas, por ex.) podem aumentar os níveis de colesterol “ruim”.

O baixo consumo de carboidratos libera substâncias chamadas de corpos cetônicos, que em excesso, causam enjoos e náuseas. O corpo sem carboidrato também pode desenvolver outros sintomas desagradáveis como falta de concentração, sensação de cansaço, mau-humor, hipoglicemia e perda de massa muscular. Então, nada de seguir uma nova dieta sem orientação de um especialista!

Se o seu objetivo for uma mudança duradoura dos seus hábitos alimentares, as dietas low carb, incluindo a cetogênica podem não ser a maneira mais eficaz de conseguir. A reeducação alimentar, aliada aos exercícios físicos, ainda é a melhor forma de perder peso com saúde.

Confira os suplementos que se enquadram nessa Dieta aqui na Biopoint!

www.biopoint.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*